Light Steel Framing (LSF)

LSF  é uma designação utilizada internacionalmente para descrever um sistema construtivo que utiliza o aço galvanizado como principal elemento estrutural.

A palavra Steel indica a matéria prima usada na estrutura, o aço. A inclusão de Light da palavra leve, indica que os elementos em aço são de baixo peso, uma vez que são produzidos a partir de chapa de aço com espessura reduzida. Framing é a palavra usada para definir esqueleto estrutural.

Assim, Light Steel Framing traduz-se por estruturas em aço leve.

O aço é o material construtivo mais utilizado no mundo e com maior expectativa de utilização no futuro por ser mais estável, mais versátil, com maior vida útil e 100% reciclável.

 

Quais as vantagens de uma construção em LSF?

 Isolamento Térmico

Revestimento exterior com duplo isolamento térmico, sem fugas de ar, nem pontes térmicas. Utilizamos as caixilharias mais eficientes e consideramos uma boa orientação solar, para que o sol aqueça no inverno e proporcione sombreamento no verão, ou seja, economia de energia para aquecimento e arrefecimento da moradia.

Isolamento Acústico

Revestimento exterior com duplo isolamento acústico.

Elevada Resistência ao Fogo

Os principais materiais utilizados na composições das paredes e tetos são materiais incombustíveis assim como, lã mineral e gesso cartonado, não ardem nem contribuem para a propagação de um incêndio, a composição das nossas paredes exteriores conferem uma resistência ao fogo.

Resistência Sísmica

O aço absorve energia e torce sem quebrar. Com o baixo peso estrutural e a flexibilidade deste material, as construções em LSF apresentam melhor comportamento em caso de terramoto. A fixação do aço por parafusos permite um consistente percurso de carga até ao solo.

Redução de Custo de Transporte

O menor peso, dimensões e volume diminuem os gastos com o transporte dos materiais.

Rapidez no Prazo de Execução da Construção

Ao contrário de uma construção tradicional, o sistema LSF não necessita um longo tempo para secagem das argamassas e de abertura de roços. O método construtivo em LSF tem um sistema próprio de fixação e de materiais mais leves, e na sua própria estrutura tem aberturas próprias para a colocação de tubagens e condutores elétricos, são também utilizadas técnicas fáceis e rápidas que diminuem consideravelmente a mão de obra. Num prazo de 3 meses executa-se a construção de uma habitação.

Utilização de Materiais Recicláveis

Os materiais utilizados são recicláveis e/ou ecoeficientes.

Personalização ao gosto do cliente

A sua casa composta com todos os pormenores à sua escolha, o LSF é versátil e se adapta às mais diversas aplicações.

Se quiser fazer um simples aumento, um anexo ou garagem à habitação já existente, este é o método mais limpo e eficaz para o fazer, evitando os incómodos dos métodos convencionais.

Certificação dos materiais

Os materiais utilizados na construção em LSF são certificados, como também os isolamentos seja a nível térmico como acústico.

Durabilidade da Construção

As construções em LSF tem uma elevada durabilidade devido em parte ao processo ser efetuado em fábrica, garantindo assim maior controlo de qualidade. Os materiais utilizados garantem uma baixa manutenção ao longo dos anos, minorando assim fissuras e desnivelamentos que ocorrem na construção convencional.

COMPARAÇÃO ENTRE AS ESTRUTURAS
LSF X CONVENCIONAL

Parede LSF

• Revestimento em Acrílico
• Sistema ETICS (EPS+rede +Argamassa)
• Estrutura Aço Leve
• Isolamento de Lã mineral
• 2 placas gesso + acabamento

• U* = 0,152 W/(m2.ºC)

Parede genérica dupla

• Reboco tradicional
• Tijolo cerâmico furado (15cm)
• Caixa de ar não ventilada
• Poliestireno extrudido
• Tijolo cerâmico furado (11cm)
• Reboco tradicional

• U* = 0,330 W/(m2.ºC)

*O valor U, mede a transmissividade térmica, a perda de calor por metro quadrado, ou seja, a eficácia térmica das paredes, tetos, pisos, janelas e telhados de um edifício. Quanto mais baixo for o valor U, melhor a eficácia térmica das paredes, tetos, pisos, janelas e telhados.